Você será direcionado para um link externo

Pular para o Conteúdo Principal
Educación

Entenda os investimentos alternativos

Os investimentos alternativos oferecem oportunidades de diversificação dos portfólios em tempos incertos no mercado. Mas com tantas opções, os investidores devem antes entender seus riscos e benefícios.

Os investimentos alternativos podem ser uma oportunidade interessante para os investidores diversificarem o portfólio, amenizarem o impacto da volatilidade do mercado e alcançarem seus objetivos de investimento de longo prazo, mesmo quando o mercado passa por tempos incertos.

Mas, certamente, esses possíveis benefícios vêm acompanhados de complexidades e riscos. Por essa razão, é fundamental que os investidores compreendam as várias estratégias disponíveis para que possam tomar decisões mais bem-informadas sobre a função dos investimentos alternativos em seu portfólio.

Definição de investimentos alternativos

Estima-se que, nos próximos 10 anos, os investimentos tradicionais apresentarão retornos modestos de aproximadamente 4% ao ano1. Com essa perspectiva, cada vez mais os investidores institucionais e individuais buscam investimentos alternativos para tentar atingir seus objetivos de diversificação e retorno.

Mas o que são investimentos alternativos? Simplificando, são qualquer investimento que vá além dos investimentos tradicionais de longo prazo, como ações e títulos de renda fixa. Como os investimentos alternativos tendem a ter uma correlação menor com os investimentos tradicionais, eles são utilizados principalmente para diversificar o portfólio de investimento e fornecer um perfil de retorno que possa ser diferente daquele dos investimentos tradicionais.

Para os grandes investidores institucionais que têm tolerância à falta de liquidez, os investimentos alternativos podem incluir uma combinação de hedge funds, private equity, crédito alternativo e imóveis. Para os investidores individuais, o universo dos investimentos alternativos pode incluir tudo isso e até mesmo carros antigos, vinhos raros ou obras de arte.

Com uma gama tão ampla nessa categoria, antes de incorporar investimentos alternativos ao portfólio, é importante compreender plenamente seus riscos e benefícios.

Principais características dos investimentos alternativos

Os investimentos alternativos cobrem uma ampla gama de ativos e estratégias. De forma geral, no entanto, eles se caracterizam por:

  • Baixa correlação com investimentos tradicionais, como ações e renda fixa
  • Potencial de retorno mais elevado do que os investimentos tradicionais
  • Ativos mais exóticos e frequentemente ilíquidos
  • Bloqueio mais longo de períodos, o que significa que ações ou juros talvez não possam ser resgatados/vendidos diariamente. Isso possibilita uma exposição a ativos menos líquidos
  • Estruturas de investimento e perfis de risco e retorno frequentemente complexos
  • Geralmente, requisitos mais altos de investimento mínimo
  • Perfil de risco exclusivo que deve ser compreendido antes de investir

Tipos de investidores possivelmente compatíveis com investimentos alternativos

Os investimentos alternativos não são adequados para todos os investidores. Dado o seu perfil único de risco e retorno e suas características complexas de investimento, em geral são mais atraentes e adequados para investidores mais sofisticados e com patrimônio líquido mais elevado.

Antes de considerar uma alocação a investimentos alternativos, além de atender aos requisitos mínimos de investimento e compatibilidade, o investidor também deve levar em conta seu horizonte temporal, seus objetivos de investimento e sua capacidade de suportar períodos de volatilidade.

Algumas estratégias de investimentos alternativos populares

A popularidade dos investimentos alternativos vem aumentando com o tempo. Atualmente, eles incluem uma gama de estratégias, cada uma delas desenvolvida para apoiar um objetivo exclusivo e com um perfil distinto de risco e retorno. Veja a seguir alguns dos investimentos alternativos mais comuns.

Crédito alternativo

Os investimentos em crédito alternativo referem-se a financiamentos ilíquidos fornecidos a mutuários que não podem acessar mercados de crédito públicos ou precisam de termos personalizados e não padronizados. As categorias de empréstimo dentro do crédito alternativo incluem empréstimo direto, mezanino, crédito problemático e financiamento especializado.

Private equity

Os investimentos em private equity (normalmente acessados por uma sociedade limitada) assumem uma posição de propriedade em empresas ou títulos que normalmente não estão listados em uma bolsa de valores pública. A meta é agregar valor fornecendo capital para ajudar novas empresas a crescer e reestruturar empresas existentes com ineficiências operacionais que tenham potencial de gerar ganhos significativos a longo prazo.

Capital de risco

Em troca de uma participação acionária, os investidores de capital de risco oferecem financiamentos para novas start-ups, pois acreditam que elas terão um crescimento significativo. A meta é orientar a empresa e depois vendê-la, seja por aquisição ou por oferta pública inicial.

Imóveis

O setor imobiliário evoluiu para uma classe de ativos multifacetada que inclui fundos de investimento imobiliário (REITs) públicos e privados e dívida imobiliária comercial privada. O setor imobiliário não só tem uma baixa correlação com as ações, como é frequentemente visto como proteção contra a inflação.

Hedge Funds

Os hedge funds são veículos de investimento que utilizam uma gama de estratégias não tradicionais (por exemplo, negociação de pares e estratégias de longo prazo) em um esforço para maximizar o potencial de retorno total e a diversificação de um portfólio. Estas são algumas das estratégias não tradicionais:

  • Estratégias alternativas de prêmio de risco
    Essas estratégias buscam proporcionar retornos atraentes ao ganhar um "prêmio" pela exposição a fatores de risco que podem ser reconhecidos e explorados. Geralmente, essas estratégias alavancam posições compradas e vendidas dentro das classes de ativos tradicionais.
  • Futuros administrados
    São uma estratégia de investimento que acompanha tendências utilizando sinais quantitativos para definir quando os títulos estão em tendência. Muitas vezes, esses sinais comparam o preço atual (à vista) de um ativo com a média móvel (histórica) do preço e, então, fazem investimentos com base nessas tendências. Se o preço à vista estiver acima das médias móveis, o título estará em tendência de alta e vice-versa.
  • Macro Global
    Essas estratégias investem em todas as classes de ativos e mercados globais, assumindo tanto valor relativo quanto posições direcionais baseadas principalmente em uma abrangente análise política e econômica. Estratégias macro globais sistemáticas empregam modelos de computador para avaliar e prever os movimentos do mercado, enquanto os portfolio managers tomam decisões de compra e venda dentro de estratégias discricionárias.

As metas de retorno e os níveis de risco diferem entre as estratégias alternativas e os tipos de veículos:

Entenda os investimentos alternativos
1 Fonte: PIMCO, em 31 de dezembro de 2019. O retorno reflete um portfólio 60/40 representado por 60% de ações dos EUA e 40% de renda fixa tradicional dos EUA.

Informações importantes

Investimentos alternativos e hedge funds envolvem um alto grau de risco e podem ser ilíquidos devido a restrições quanto a transferência e a falta de um mercado secundário de negociação. Eles podem ser altamente alavancados, especulativos e voláteis, e o investidor pode perder a totalidade ou uma parte substancial de um investimento. Pode faltar transparência aos investimentos alternativos quanto a preço da ação, valuation e posições do portfólio. Estruturas tributárias complexas frequentemente resultam em atrasos de relatórios fiscais. Em comparação com os fundos mútuos, os fundos privados estão sujeitos a menos regulamentação e muitas vezes envolvem taxas mais altas. Gestores de investimentos alternativos normalmente exercem ampla discrição de investimento e podem aplicar estratégias semelhantes em vários veículos de investimento, resultando em menos diversificação. A negociação pode ocorrer fora dos Estados Unidos, o que pode representar riscos mais altos se comparada à negociação nas bolsas e mercados dos EUA. Diversificação não é garantia contra prejuízos.

Existem diferenças significativas entre as ações de empresas de capital aberto e de capital fechado, que incluem, entre outras distinções, o fato de que os títulos públicos têm uma barreira de entrada menor do que as ações privadas. Há também mais informações disponíveis sobre as empresas públicas. Ações privadas normalmente têm um horizonte de tempo mais longo do que as ações públicas antes que os lucros, se existirem, sejam realizados. As ações públicas proporcionam maior liquidez, enquanto as ações privadas são consideradas altamente ilíquidas. Crédito privado envolve um investimento em títulos não negociados publicamente, que estão sujeitos a riscos de iliquidez. Os portfólios que investem em crédito privado podem ser alavancados e podem participar de práticas de investimento especulativas que aumentam o risco de perda do investimento. Os investimentos em crédito privado também podem estar sujeitos a riscos relativos ao mercado imobiliário, que incluem novos desdobramentos legais ou regulatórios, atratividade e localização das propriedades, situação financeira dos inquilinos, responsabilidade segundo as leis ambientais e outras leis, bem como desastres naturais e outros fatores fora do controle do gestor. Alternativas líquidas são geralmente veículos de investimento que oferecem estratégias típicas de hedge funds em um formato de fundo mútuo com liquidez diária. Futuros administrados apresentam riscos elevados, incluindo grandes flutuações de preço, e podem não ser adequados para todos os investidores. Atividades de venda a descoberto e derivativos de posição vendida, também conhecidas como "shorting", são consideradas especulativas e envolvem risco financeiro significativo. As posições vendidas se beneficiam se o preço cai, mas podem gerar prejuízo se o preço sobe. O shorting também pode resultar em custos de transação mais altos, diminuindo o retorno.

Esta não é uma oferta de venda nem uma solicitação de oferta de compra de produto ou estratégia alguma em qualquer jurisdição. As afirmações relativas às tendências do mercado financeiro são baseadas nas condições atuais de mercado, que podem se alterar. Não há garantia de que um investimento atinja seus objetivos, gere lucros ou evite prejuízos. Os investimentos alternativos podem ser adequados apenas para pessoas que tenham meios financeiros adequados, não tenham necessidade de liquidez no investimento e possam suportar o risco econômico, incluindo a possível perda total do investimento. A PIMCO não oferece aconselhamento jurídico nem tributário. Consulte sua assessoria tributária e/ou jurídica para tratar de dúvidas e questões tributárias e jurídicas específicas.

De forma geral, a PIMCO presta serviços a instituições qualificadas, intermediários financeiros e investidores institucionais. Investidores individuais devem entrar em contato com seu próprio profissional financeiro para determinar as opções de investimento mais adequadas a sua situação financeira. Este material foi distribuído para fins exclusivamente informativos e não deve ser considerado uma orientação de investimento nem uma recomendação de qualquer título, estratégia ou produto de investimento. Nenhuma parte deste material poderá ser reproduzida em qualquer forma, nem citada em qualquer outra publicação, sem autorização prévia por escrito. PIMCO é uma marca registrada da Allianz Asset Management of America L.P. nos Estados Unidos e em todo o mundo. ©2020, PIMCO. 

Fale um pouco a seu respeito para nos ajudar a adequar o site a suas necessidades

Termo de isenção de responsabilidade

Por gentileza, leia estes Termos e Condições de Uso (“Termos e Condições”) com atenção.
{{!-- Populated by JSON --}}
Select Your Location

Americas

Europe, Middle East & Africa